Semente Semanal #7 Greg Noll

Greg Noll

Para a maioria dos surfistas espalhados pelo mundo, pegar uma onda de cinco ou dez metros pode ser sinônimo de loucura.

Imagine ser um dos primeiros do mundo a encarar essa loucura?

No dia 11 de Fevereiro de 1937 nascia em San Diego uma das lendas do surf mundial, e referência quando o assunto é onda gigante. Nascia Greg Noll.

Greg saiu da Califórnia quando ainda era criança, com três anos de idade, sua família se mudou para Manhattan, onde começou a sua história junto ao mar. Em Manhatan, Greg se tornou um grande remador, disputando e ganhando vários campeonatos locais e até mesmo interacionais.

O seu legado no surf começou quando conheceu Dale Velzy, shaper pioneiro com grande destaque na época e também presidente do Surf Club de Manhattan. Dale influenciou muito o seu amor pelo surf.

Semente Semanal #7 Greg Noll

Greg Noll tinha como paraíso o mar e as ondas, não gostava de estar em outro lugar.

Quando voltou para a Califórnia resolveu dedicar-se por completo à vida na água, além de surfista, Greg se tornou bombeiro salva-vida profissional. Em 1950, quando completava os seus 17 anos de idade e em pleno auge da forma física, o amante do mar viu seu espírito desbravador e corajoso gritar mais alto e o influenciar a tornar-se membro de um grupo de surfistas que estavam dedicados a conhecer as místicas praias pouco visitadas do Hawaii.

Junto com Mike Stange, Billy Mang e mais grandes surfistas, Greg caiu pra dentro de uma das ondas mais perigosas em um dos picos mais temperamentais do mundo, as ondas da praia de Makaha. Esse feito fez com que sua vontade de vencer mares assustadores virasse rotina. Junto aos seus amigos, Da Bull, como era chamado, passou a conviver com as praias do Hawaii. No ano de 1957, se jogou num mundo azul que assustava qualquer surfista,  Waimea Bay.

De acordo com a galera que testemunhou o feito na época, Greg Noll desceu ondas gigantescas com sua prancha de madeira e mais nada. Sua performance foi tão boa e segura que parecia que Da Bull tinha nascido e sido criado em Waimea! Ficou expert do pico e seu espírito de surfista aventureiro levou  Greg e seus brothers a um pico de ondas lindas, grandes, de formação perfeita e com fundo de corais afiados.

Seu nome era Pipeline!

Semente Semanal #7 Greg Noll

Mais uma vez Noll surpreendeu a todos quando entrou no mar e remou com uma intensidade surpreendente até chegar até a terceira laje, batizada de Banzai Pipeline, onde surfou e fez a cabeça mais uma vez. Sua competitividade era inquestionável, sempre que alguém estava à sua frente no outside, Da Bull encostava. Sempre que alguém pegava uma onda grande, Da Bull pegava uma gigante. Nas lendárias ondas do Hawaii, ele era o que mais impressionava. Greg amava o Surf!

“Éramos eu, minha prancha, parafina e uma bermuda. Era tudo que eu precisava. Pra fazer qualquer outra coisa no mundo, você precisa disso, daquilo, sempre precisa de alguma coisa. Quando você vai surfar, tudo que precisa é uma prancha, parafina e uma bermuda.”

Greg Noll não parava! Em dezembro de 1969, na praia de Makaha, os poucos espectadores locais presenciaram uma das maiores e mais violentas ondulações de todos os tempos. Mas o que mais impressionava além do tamanho e força das ondas, era o fato de ter também um surfista no meio do mar. Noll entrou e foi além da arrebentação, e lá, junto com sua prancha e sua tradicional bermuda listrada batizada de “Jailhouse Trunk”, esperou por horas o momento certo de remar.

Quando dropou a primeira e única onda daquele dia, Da Bull estava escrevendo história, rompendo barreiras, e marcando seu nome na história do surf. A onda que ele surfou era gigante e assustadora e para todos ali presentes, foi a maior onda que alguém já havia dropado.

Além de pioneiro e dominador no Hawaii, Greg Noll foi um dos primeiros na arte de fazer pranchas. Como tinha o dom de se destacar, Noll junto ao seu grande amigo Miki Dora, ficaram bem conhecidos ao criar uma linha única de pranchas conhecida como “Da Cat Models”, pranchas que foram as mais vendidas dos Estados Unidos naquela época.

Hoje aos 76 anos de idade de muitas histórias marcantes é reconhecido e respeitado no mundo inteiro, seu valor é inestimável para o Surf. Esteve em Santos no dia 5 de julho 2010 para ser homenageado em um evento que juntou Greg Noll à pioneiros como Jorge Limoeiro e outros integrantes do Clube Pioneiros do Litoral Paulista.

Nós surfistas sabemos exatamente o que combina com uma onda gigante, uma prancha de madeira, um espírito corajoso, e uma clássica bermuda listrada!

Árvore Surf
Fortalecendo o verdadeiro espírito das raízes do Surf.

Curta / Siga

Anúncios

Um comentário sobre “Semente Semanal #7 Greg Noll

  1. Desbravador o bichao! Tem um filme que fala sobre esse dia gigante, em que ele comenta que jamais se perdoaria se não tentasse ao menos pegar uma onda, mesmo sabendo que as condições eram extremas. Parabéns boa matéria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s