Semente Semanal #13 Jack O’Neill

Jack O’Neill

 

Semente Semanal #13 Jack O'Neill

 

Quando pensamos em satisfação pessoal, paz, conexão com a natureza, saúde, e outras milhares de coisas, estamos pensando no surf! Nada mais justo do que sempre agradecer à natureza por nos dar de presente o mar, as ondas, a praia, o sol forte que aparece, e tudo aquilo que não nos cansamos de aproveitar.

Não seriamos surfistas sem a existência desses fenômenos naturais que sempre foram palco da arte plena de surfar.

Semente Semanal #13 Jack O'Neill

Seria injusto deixarmos de agradecer e valorizar também o trabalho feito por pessoas que são tão apaixonadas pelo surf que decidem agregar a ele novidades que acabam sendo muito importantes para a melhor prática da parada. Como iríamos surfar sem a prancha que um dia alguém fez, por exemplo. Como seria deslizar na prancha incontrolavelmente se não tivéssemos uma boa parafina para passar antes de entrar na água?

Levando em conta esse pensamento, decidimos buscar um pouco da história e falar de um cara em especial. Seu nome é Jack O’ Neill.

O’ Neill foi um californiano apaixonado pelo surf desde cedo, não teria como ser diferente já que nasceu em um dos berços do surf mundial. Por conta disso o surf sempre foi sua válvula de escape na rotina do dia a dia. Jack fez varias coisas ao longo de sua vida, integrou a força aérea americana quando ainda era jovem, anos depois foi pescador profissional, e até mesmo vendedor de janelas, mas com certeza nada disso fez com que seu sobrenome fosse tão importante para o surf.

Semente Semanal #13 Jack O'Neill

Surfar era o lazer de Jack nas horas vagas, mas junto a isso ele tinha uma tremenda insatisfação na hora de cair na água. Era impossível fazer uma queda de mais de vinte minutos em um mar onde até mesmo no verão fica difícil de nadar, e impossível de mergulhar. Entrar na água era uma experiência completamente complexa!

A água fria da Califórnia fazia com que um pico alucinante e com ondas perfeitas fosse apenas admirado por surfistas secos e sentados na areia, então em certo ponto de sua vida O’Neiil decidiu que isso tinha que mudar. Quando se mudou para Santa Cruz, Jack se tornou empresário, e assim estaria dando um passo gigantesco em sua vida e na vida de todos que amam as ondas.

A primeira Surf Shop da história surgiu ali no ano de 1952. Sendo sempre um idealizador surpreendente e curioso, e apaixonado por tecnologia, O’Neill resolveu ir atrás de um cientista que desenvolvia novos materiais para a aeronáutica. O cientista lhe mostrou um material que estava sendo estudado para servir de estofado para poltronas e paredes das aeronaves. Era o seu primeiro contato com o precursor do neoprene, material que mudaria sua vida e a vida de todos os surfistas.

Semente Semanal #13 Jack O'Neill

Semente Semanal #13 Jack O'Neill

Semente Semanal #13 Jack O'Neill

Jack conseguiu descolar algumas placas do material, colocou o que tinha dentro de seu short, e caiu na água. Pela primeira vez depois de alguns anos com tentativas frustradas envolvendo PVC e até mesmo malhas grossas, O’ Neill estava sentindo pelo menos alguma parte do corpo quente suficiente para aguentar a temperatura da água. O sucesso estava chegando.

Depois disso, ele desenvolveu técnicas de costura e colagem com o material. Estava surgindo a primeira roupa de borracha! O’Neill estava revolucionando não só o surf, mas também o mergulho, a natação, e todos os esportes praticados na água. Inovou também para que práticas de trabalhos que até então eram impossíveis como mergulhos profundos em plataformas e resgate de vítimas no mar.

Jack então continuou surfando embrulhado em sua invenção se preocupando apenas com a prancha que iria usar e em que praia iria cair. Esse sucesso inovador fez com que a sua pequena loja de bairro que foi a primeira no mundo com a escrita “Surf Shop” na porta, se tornasse um império gigantesco que carrega seu sobrenome no mundo comercial do surf, hoje ramificado em dezenas de países no mundo, e administrado por seu filho Pet O’Neill. Pet foi quem junto ao pai criou o tão famoso e importante leash.

Semente Semanal #13 Jack O'Neill

Ironicamente, foi em um teste da nova cordinha que liga o surfista com sua prancha, que em 1971 Jack O’Neill perdeu um de seus olhos. Acidente que para ele foi importante para a evolução do surf e que nunca tirou o seu bom humor, Jack costuma dizer que “em terra de cego, quem tem um olho se vira bem…”.

Jack O´Neill mudou toda a trajetória do esporte que amamos somando cada vez mais com suas invenções que hoje são fundamentais, com certeza esse cara merece também o nosso muito obrigado!

Semente Semanal #13 Jack O'Neill

 

Árvore Surf

Fortalecendo o verdadeiro espírito da Cultura do Surf.

Curta / Siga

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s