A verdadeira namorada de Surfista

A verdadeira namorada de Surfista.

Confesso que quando comecei a ler o texto “Namorada de Surfista”, pensei que nele fossem ser ditas coisas positivas sobre o namoro com um cara surfista. No entanto, encontrei queixas em relação a mudança de comportamento das namoradas no decorrer no namoro. Mas aí é que se encontra um grande ponto de interrogação. Normalmente as pessoas começam a namorar pelas afinidades, por gostarem das mesmas coisas, já que um namoro é uma experiência vivida a dois, onde o casal partilha de sentimentos, emoções e experiências. Se isso não acontece, não adianta insistir que não vai pra frente. Surfistas, como uma namorada de surfista, digo para vocês, se sua namorada depois de um tempo passa a criticar e a não te apoiar mais, pode ter certeza que ela nunca gostou, apenas tolerava ou te acompanhava, já que vocês tem/tinham uma relação. Namorada / mulher de surfista acompanha porque gosta, fotografa porque tem prazer de registrar os momentos do amado, acorda cedo porque é parceira e quer estar junto, seja em um dia nublado ou em um dia com céu azul e muito sol. Temos prazer ficar na areia tomando sol, lendo revista, ouvindo música, muitas vezes com os ombros ardendo, mas com o sorriso no rosto a espera do momento em que o gato saia da água e lhe de um beijo com a boca salgada contando sobre a melhor série. E então, o gato volta pra água e nós continuamos lá, muitas vezes sozinhas, comendo o lanchinho que levamos e esperando ansiosamente pela próxima saída da água e por aquele abraço molhado.

Prefiro dizer que o surf e a namorada são amores diferentes, mas ambos trazem satisfação, alegria. Tanto a mulher quanto o surf completam a vida do surfista de algum jeito. Não adianta tentar apagar a alegria de quem a gente gosta. Se você conheceu o cara surfando, tem que aceitar isso, porque é a mesma coisa que proibir um passarinho de voar, uma criança de brincar. É tirar a alegria de alguém por puro egoísmo. Me sinto tão feliz, de ver meu namorado me chamando para fotografá-lo, me contando sobre as ondas, ou reclamando do mar crowdeado, chegando do bate volta com os amigos e me ligando super empolgado para contar sobre sua melhor onda, cuidando da prancha nas viagens como se fosse uma filha. E quantas vezes ela já não foi no nosso meio?

Meninas, vamos saber dividir o amor com uma prancha, também gostamos de coisas que eles não gostam e mesmo assim eles aceitam. É tão bom ver quem a gente ama feliz. Namorar com eles é entender todos os tipos de manobras, saber o nome de todos os surfistas, conhecer as praias que são favoráveis para o surf, fazer bate volta, passar final de semana fora, ou seja ter uma vida movimentada e em contato com a natureza. Tem coisa melhor? Viver longe de toda a “modinha”, padrões, ter uma vida tranquila, curtindo o dia, porque não temos o hábito de badalar durante as madrugadas, para não perder o dia seguinte de praia…E isso é tão bom!

Eu particularmente, não gostaria que nada fosse diferente e jamais gostaria que ele deixasse de fazer o que gosta. Relacionamento é assim, baseado em companheirismo. Se você reclama tanto do seu namorado, das barcas que ele faz com os amigos, da falta de tempo pra você, da paixão dele pelo surf, minha amiga, eu te digo: VOCÊ NÃO SERVE PARA NAMORAR UM SURFISTA!

Porque no meu caso, eu ele e o surf viramos um só.

Good vibes!

Por: Isa Monteiro (Foto de capa: Portal SurfCam)

Árvore Surf Brasil

Fortalecendo o verdadeiro espírito do Surf.

Curta / Siga

Anúncios

2 comentários sobre “A verdadeira namorada de Surfista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s